Como abrir um comércio em Campo Grande?

O Brasil vem sofrendo uma crise financeira que tem obrigado muitas empresas a diminuir seu quadro de funcionários, e, como são as maiores adversidades que surgem as melhores ideias. Muitos brasileiros, tem aproveitado essa situação para investir em seu próprio negócio.

 

 

Independentemente do ramo de atuação, abrir comércio em Campo Grande não é nenhum ‘bicho de 7 cabeças’, além de ser uma oportunidade de crescer financeiramente. Mas, antes de decidir qual o ramo em que se atuará, é interessante se informar sobre como todo esse processo funciona, e quem pode lhe ajudar nesse caminho empreendedor. Acompanhe esse artigo e veja como é fácil ter um comercio em Campo Grande!

 

A Legalização do comercio é importante

A primeira coisa que precisa ficar clara é que, se você pretende abrir comércio em Campo Grande, será preciso mantê-lo legalizado. Caso você não se preocupe com isso poderá correr sérios riscos em relação ao seu empreendimento. Como por exemplo:

  • perder vendas por não poder emitir nota fiscal,
  • ter seu comércio fechado e suas mercadorias confiscadas, ou
  • responder a processos por infração ou sonegação fiscal.

Por outro lado, quando seu comércio funciona dentro da lei, os benefícios são muitos. Além de poder realizar um número maior de vendas, será muito mais simples conquistar clientes novos, assim como solicitar empréstimo e financiamentos para possíveis melhorias ou investimentos no seu comércio. Também é possível participar de licitações, receber subsídios, e muito mais. É fácil ter um comércio, é preciso apenas que você esteja atento aos detalhes.

 

Abertura de um comércio passo a passo

Atualmente a maneira mais simples de realizar a abertura de empresa ou legalizar um comércio é realizando um cadastro MEI – Microempreendedor Individual. No entanto, antes de começar com a parte burocrática, existem algumas questões que devem receber uma maior atenção, veja a seguir como funciona a abertura de empresa passo a passo.

  1. Escolha a área de atuação do seu comércio

A primeira coisa a ser feita é escolher o tipo de comércio ou empresa que você deseja iniciar. Escolha algo que lhe agrade, e que você acredite ser lucrativo. Uma boa dica é fazer uma lista de possibilidades e então começar uma pesquisa pela região onde você mora ou pretende abrir sua empresa. Observe a procura e oferta do seguimento, e faça isso visitando outros estabelecimentos do mesmo ramo em horários alternados.

  1. Conheça seu público alvo

Outro ponto importante é conhecer seu público alvo. Descubra informações como hábitos de consumo, maiores procuras, renda média, etc. fazendo isso, você terá a oportunidade de montar um comércio mais adequado ao púbico que você deseja atingir, e assim, garantirá mais lucro.

  1. Escolha um bom ponto comercial e faça uma análise de concorrência

O terceiro passo para abertura de empresa, é a definição do ponto comercial. De nada adianta economizar com o aluguel mais barato de um ponto comercial que não terá movimentação. É fundamental que você consiga posicionar seu novo comércio em um ponto onde ele seja de fácil acesso para seu público alvo. É preciso também que uma análise de concorrência seja feita, assim você não correrá riscos de investir em um mercado saturado.

  1. Faça um planejamento financeiro

Ele serve para que você tenha uma ideia do tamanho de mercado, do seu futuro volume de vendas e seus possíveis lucros e despesas futuras. Além disso, o planejamento financeiro é fundamental para que você tenha uma ideia de quanto tempo levará para começar a ter retorno e lucros realmente expressivos.

  1. Escolha o tipo jurídico

Para poder escolher o melhor tipo jurídico para sua empresa é preciso considerar pontos como, o faturamento anual esperado, o número de funcionários, o tipo de sociedade, caso haja e mais uma série de fatores. Nessa fase, é interessante procurar um contador de confiança, para que a escolha seja a mais assertiva possível. As opções mais comuns são a Microempresa e o MEI.

 

Quem é a pessoa que pode ajudar para abrir sua empresa?

Como dito anteriormente, o contador é o profissional mais indicado para lhe ajudar na abertura microempresa. De fato, abrir negócio próprio não é uma coisa de outro mundo, mas precisa ser feito com atenção e foco nos mínimos detalhes.

 

 

Por isso, encontrar um escritório de contabilidade em Campo Grande, deverá ser o passo mais importante nessa nova jornada. Além de ajudar a definir o tipo de empresa, o contador também saberá encontrar o melhor meio de tributação para cada caso. Ele também pode ajudar a definir o software mais adequado para a gestão do seu negócio.

Ao abrir uma loja, o contador também poderá ajudar com questões trabalhistas, despesas empresarias e muito mais. Um contador poderá atuar na emissão de notas fiscais, rotinas financeiras, produção de balancetes e controle de departamento pessoal. Logo, contar com um escritório de contabilidade pode ser o passo para abertura de empresa mais importante a ser dado.

 

Veja também essa matéria onde falamos sobre “Simples Nacional para Comércio em Campo Grande”

Gostou desse artigo? Compartilha a experiência com outras pessoas.

 

 

Comentários Facebook

Leave A Response

* Denotes Required Field