Conheça os 5 erros que matam sua empresa

Descubra como não cometer falhas no gerenciamento da sua empresa!

5 erros que matam a sua empresa

Mais do que a crise ou qualquer outra turbulência financeira, as decisões equivocadas são as piores falhas cometidas na administração de uma empresa. Isso porque mesmo com um ótimo retorno financeiro, o empreendedor precisa se manter firme e no controle das decisões que cercam a empresa.

 

Como empreendedor você deve conhecer as principais falhas e erros que podem atrapalhar o crescimento de uma empresa ou mesmo levá-la a falência. Pensando nisso, nós reunimos os 5 maiores erros que matam a sua empresa. Confira quais são eles e algumas dicas para driblá-los:

1. Subestimar as dificuldades de empreender

 

É comum que de início, os empreendedores vejam como dificuldade o investimento para montar seu próprio negócio. Essa é uma real dificuldade enfrentada pelos empreendedores no Brasil, mas não é a única.

 

Sempre que há uma necessidade financeira no país, o número de novos empreendedores dispara. Infelizmente essa estatística é quase sempre associada a um aumento da taxa de mortalidade de novas empresas.

 

Isso porque o empreendedor da necessidade, na maioria das vezes não se prepara para os problemas que precisará enfrentar com sua empresa. Sendo assim, ao se deparar com as primeiras dificuldades vê todo o seu trabalho indo por água abaixo.

 

Para não cometer esse erro, esteja preparado para os problemas que a sua empresa poderá enfrentar. Mas acima de tudo, não subestime as dificuldades que um empreendedor pode ter que enfrentar.

 

2. Achar que terá menos trabalho é um dos erros

erros nas empresas

5 erros que matam a sua empresa

Um erro muito comum dos empreendedores que entram para um negócio próprio apenas por necessidade é achar que ao montar a sua empresa terão mais tempo livre. Ou ainda, que terão menos trabalho e problemas para se preocupar.

 

Esse erro ainda é enfatizado pelo conceito enraizado do brasileiro de “trabalhar sem patrão“, sem metas, horários e com menos pressão no dia a dia. É claro que muitos empresários de sucesso conseguem essa liberdade após longos anos de trabalho duro. Mas se você está começando um negócio agora, encare a sua atual realidade e aprenda de uma vez por todas que a sua empresa só irá para frente com a sua dedicação.

 

A maioria dos empreendedores que ainda tomam conta de seu negócio, ou seja, não possuem a liberdade financeira, precisam gerenciar pessoas, administrar a empresa, controlar custos, estar por dentro do fluxo de caixa, pagar contas, entre outras tarefas importantes. Sendo assim, não existe esse negócio de mais tranquilidade e menos pressão. Quanto antes você aderir a esse conceito, mais chances sua empresa terá de emergir.

 

3. Deixar a missão, visão e valores da empresa de lado

 

Logo no início da empresa, é comum que os empreendedores não se preocupem com a missão, visão e valores que a empresa passará para seus clientes. No entanto, esse é o terceiro grande erro cometido por empreendedores que verão suas empresas morrerem.

 

Independente do porte da empresa, todo negócio precisa ser estabelecido em uma base sólida. Essa base deve ser construída com conceitos que envolva os funcionários e os clientes. É através desses conceitos que a empresa se mostrará íntegra diante de seus clientes e funcionários.

 

Há empreendedores que só se preocupam com o crescimento da empresa e acabam por passar em cima de qualquer coisa que fique no meio do caminho. Essa situação gera muitos problemas para a empresa, dentre eles a perda da qualidade de vida tanto do empreendedor quanto de seus funcionários.

 

Trabalhar duro é necessário, mas é preciso que haja um equilíbrio com a qualidade de vida. Sendo assim, é importante estabelecer a missão que a empresa carregará, assim como a visão e os valores que os funcionários e os clientes poderão elogiar e acompanhar ao longo do crescimento da empresa.

 

4. Não mudar de plano perante ao fracasso da empresa

 

O empreendedor que se apega a um único plano ou estratégia está sujeito ao fracasso da empresa. Isso porque nem todas as estratégias e planos darão certo. Mas há empreendedores que persistem no erro, até verem sua empresa morrer completamente.

 

Para não cometer esse erro, se permita mudar e evoluir. Se algo na empresa não está indo bem, é porque as técnicas e estratégias antigas não estão sendo eficientes. Nesse caso, é importante analisar cuidadosamente e traçar novos planos para driblar o problema.

 

Se isso estiver acontecendo na sua empresa, avalie o que há de errado. Confira a qualidade de seus produtos e serviços, procure pelas inovações do mercado, e tente se ajustar conforme for necessário sem medo de se arriscar.

 

5. Pensar que franquia é solução para tudo

5 erros que matam a sua empresa

Os empreendedores menos experientes têm certa tendência de achar que ao adquirir uma franquia, não terá problemas com a administração. Isso porque as franquias são padronizadas, possuem regras, controle, dentre outras características que devem ser seguidas a risca. Sendo assim, esses empreendedores começam um negócio de franquia, mas acabam falindo por não saber lidar com as frustrações.

 

As franquias são sim uma ótima oportunidade de negócio. No entanto, cada franquia deve ser analisada cuidadosamente pelo empreendedor antes de fechar negócio. Isso porque um negócio pode variar muito dependendo da localização. Por exemplo, uma franquia de sorvetes tem ótimos lucros no Norte ou Nordeste do país. Já no Sul do Brasil, essa franquia não terá tanto retorno.

 

Sendo assim, as franquias, assim como qualquer modalidade de negócio, precisam ser estudadas previamente. Para saber se uma franquia terá sucesso, avalie o mercado onde você pretende montar a sua, o retorno financeiro prometido nesse novo negócio e o público-alvo que você deverá atender.

 

Se você gostou deste artigo, confira também quais são as 3 coisas que podem quebrar a sua empresa. Aproveite também para compartilhar esse post no Facebook.

Comentários Facebook

Leave A Response

* Denotes Required Field