O que o Contador pode Fazer pelo Médico

Conte com um profissional contábil especializado para cuidar da saúde da sua empresa

Entenda mais aonde atua este profissional, com relação a um médico, como e quando contratá-lo e o porquê de sua relevância.

Pensar na pessoa e no profissional de um contador como apenas alguém responsável pela parte burocrática de uma empresa comercial qualquer é um grande engano. Um médico precisa e muito da ajuda de um contador.

E um médico com uma clínica, por exemplo, é um empresário, sua clínica é uma empresa comercial, como muitas.

A burocracia da sua clínica médica é responsabilidade do contador

Médico empresário a responsabilidade da burocracia é do contador

O que comercializa? Serviços, serviços médicos e clínicos, voltados à saúde, seja dentista, ginecologista, pediatria, etc.

Assim, a figura de um contador é da máxima importância e necessidade para um médico.

Qual a Atuação de um Contador com Relação à um Médico

Para você, médico, poder entender um pouco mais da atuação e da importância de um contador para sua empresa, podemos fazer uma rápida analogia.

Um paciente começa a sentir dores que vão aos poucos se agravando.

Logo, procura auxílio médico, afinal, “há um problema aqui! ”.

O diagnóstico não é bom, devia ter procurado a ajuda do médico bem antes, para exames preventivos…será necessária uma cirurgia e, pior, após esta ainda haverá possíveis sequelas.

Com relação à um contador para a sua clínica médica, para a sua empresa, o processo é bem parecido, acredite se quiser.

Você percebe que as coisas começam a não andar “nos trilhos”, há problemas financeiros não identificados, por exemplo.

Saúde Financeira

Aí, você decide procurar um contador, pois a situação está se agravando e o diagnóstico deste é parecido com o do médico: devia ter procurado a ajuda do contador bem antes, para análises financeiras preventivas.

Agora, serão necessárias medidas mais sérias e pode haver inclusive perdas financeiras ainda maiores após a correção do problema.

A saúde da sua empresa não vai bem. Deu para perceber a semelhança?

Mas é bem isso, o profissional da contabilidade pode e deve se envolver em todas as etapas de uma empresa.

No caso de uma clínica médica, de um médico, independentemente da especialidade, o contador é mais importante ainda.

Isto porque o médico em si deve se preocupar mais com seus pacientes, com a saúde destes.

A parte de gestão, apesar de não poder se alienar totalmente da mesma, não deve, no entanto, ser sua prioridade, ser sua preocupação do dia-a-dia.

E não é só isso.

Tudo relacionado a impostos, tributos, fiscalizações, atualizações cadastrais, etc., pode ser feito por um contador.

Imagina o peso de todas estas preocupações para um médico que já tem preocupação por demais com seus pacientes, agenda, família, etc.

Deixe a saúde da sua empresa aos cuidados de um contador

Importante cuidar da saúde da sua empresa com um contador especializado

Em suma, os benefícios de se contratar um profissional da contabilidade que seja, claro, especializado na área médica, são diversos, como por exemplo tudo que esteja relacionado a segurança nas informações fornecidas e o correspondente planejamento fiscal adequado ao médico, à clínica médica.

Além de tudo isso, como o contador é um especialista nesta profissão, geralmente já conta com sólidos conhecimentos de todas as obrigações que necessitam ser realizadas em uma gestão médica.

Isto é um diferencial que já justifica a contratação deste profissional.

Quando e Como Contratar um Contador

O quando é fácil: no momento em que você iniciar o seu projeto de uma clínica médica, você já pode e deve contratar um contador de sua confiança.

Ele, por ter sólida experiência na abertura empresas, poderá lhe auxiliar deste este momento.

Na contratação deste profissional, que para a abertura de sua empresa é obrigatória, você já pode definir se terá os serviços deste de forma esporádica ou fixa:

  1. Defina quem será o seu contador. Procure alguém de confiança e, se não tiver ninguém, conte com a ajuda de amigos, outros médicos e empresários, etc., para lhe indicar um bom contador.
  2. Mesmo com indicação, antes de uma contratação, pesquise sobre este contador, seu histórico com outros profissionais da área médica, valores, etc.
  3. Escolhido o contador, defina em detalhes quais serão os serviços prestados. O ideal é que firme um contrato com o mesmo, onde todas estas definições serão expostas.

Dependendo de sua prospecção para o futuro de sua clínica, você pode combinar análises contábeis mais aprofundadas em um determinado prazo, trimestralmente, por exemplo.

Examine regularmente a saúde da sua empresa

Um check-up será essencial para diagnosticar problemas futuros

É importante que você tenha isto firmado sempre com o mesmo contador, independentemente se são análises bimestrais, trimestrais ou mesmo semestrais.

Lembre-se da analogia: um médico que já conhece seu paciente sabe dos remédios que tomou, dos últimos exames e o que já foi prescrito.

Com um contador, aqui também vale esta analogia: ele já conhece você, já sabe qual especialidade tributária foi escolhida para a sua empresa, quais correções contábeis foram feitas pelo caminho e, assim, consegue diagnosticar rapidamente possíveis problemas e propor as respectivas soluções.

A Relevância de um Contador para o Médico

Alguns médicos acham que um contador só é importante por conta do fisco e da carga tributária.

Mas isto é um tremendo engano. O contador atua em questões financeiras, tributárias, econômicas e também patrimoniais de uma empresa, de uma clínica médica.

No seu dia-a-dia, trabalha com várias planilhas, demonstrativos de resultados, contas a pagar e a receber, guias de impostos e, deste modo, pode facilmente auxiliar o empresário, que no caso é o médico, na tomada de decisão, por exemplo.

Portanto, é um profissional relevante sim, por tudo que já foi apresentado até aqui e muito mais.

A tributação para médicos é sempre mais vantajosa, pois você resguarda direitos e conta com outros tantos benefícios.  

No entanto, você precisará de um contador para ajuda-lo nesta administração.

É o falaremos no próximo artigo, de forma resumida, mas objetiva e esclarecedora. Confira.

 

 

Comentários Facebook

Leave A Response

* Denotes Required Field